Atualize seu cadastro!

Para ter acesso à todos os serviços online, precisamos que seu cadastro esteja atualizado. Clique aqui

Consequências da forte chuva afetam abastecimento de água em 4 bairros, nesta sexta-feira (03/02)

A forte chuva que atingiu Mogi das Cruzes na noite de quinta-feira (02/02) provoca reflexos no abastecimento em quatro bairros da cidade, nesta sexta (03). Na Vila Ressaca, a queda do muro do córrego que passa pela rua Paraguaçu levou junto parte da tubulação. Também como consequência da tempestade, houve queda de energia na estação de bombeamento de Taiaçupeba, afetando a distribuição de água no distrito.

Para realizar o reparo na rua Paraguaçu, foi necessário fechar os registros, o que deixa a Vila Ressaca temporariamente sem água. A previsão do Semae é concluir a manutenção no período da tarde.

A autarquia acionou a EDP para solucionar da queda de energia em Taiacupeba e aguarda os serviços da empresa. No distrito, a estação elevatória atende Taiaçupeba, Chácara Santa Lúcia e Jardim Fukamizu.

Para evitar problemas de desabastecimento, o Semae recomenda aos moradores utilizar com economia a água armazenada em suas caixas d’água. Mais informações pelo telefone 115.

Equipe técnica discute próximas etapas e metodologia para diagnóstico do saneamento rural em Mogi das Cruzes

O grupo de trabalho encarregado pelo levantamento técnico e social para elaboração de um Plano Municipal de Saneamento Rural realizou, nesta quinta-feira (15/12), mais uma etapa do processo de organização dos dados com uma reunião de avaliação da metodologia e dos questionários que serão aplicados na área rural da cidade para um diagnóstico das condições de cada local.

O encontro, realizado na Prefeitura de Mogi das Cruzes, contou com a presença de técnicos de várias secretarias e do Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae), que coordena os trabalhos junto com a Secretaria Municipal de Agricultura.

A equipe presta assessoria à Fundação Nacional de Saúde (Funasa) na elaboração de um projeto-piloto de investimentos em saneamento rural nos municípios do Estado de São Paulo.

A entidade federal, que é vinculada ao Ministério da Saúde, está elaborando o projeto “Levantamento Técnico para Orientação de investimentos em Saneamento Rural nos Municípios do Estado de São Paulo”, em parceria com a Fundação Carlos Alberto Vanzolini e prefeituras paulistas.

Mogi das Cruzes foi um dos quatro municípios selecionados para o desenvolvimento da metodologia utilizada no levantamento técnico, cujo produto final será a minuta de um Plano Municipal de Saneamento Rural que deve servir de referência para todo o país.

Durante a reunião desta quinta, o engenheiro ambiental do Semae Gabriel Sousa Alves apresentou o cronograma de atividades e os dados disponibilizados pelas diversas secretarias, como o mapeamento técnico da Secretaria de Agricultura e as condições de saneamento nas propriedades rurais, além de um levantamento da Secretaria de Saúde sobre doenças de veiculação hídrica associadas à falta de saneamento, entre outros dados já sistematizados.

Na sequência, a equipe discutiu a estrutura do questionário, que ainda deverá ser aprovado, junto com a definição das comunidades/unidades rurais a serem visitadas.

O diretor-geral do Semae, Francisco Cochi Camargo, fez um balanço positivo do encontro e enfatizou a importância da iniciativa. “Quando se fala em saneamento rural, estamos buscando soluções com uma melhora substancial na saúde, na educação, na assistência social… Enfim, são várias áreas beneficiadas”.

Também participaram da reunião o diretor-geral adjunto do Semae, Michel Reche Beraldo, os secretários municipais André Saraiva (Verde e Meio Ambiente) e Rodolfo Marcondes (adjunto de Agricultura), o diretor de Agronegócio da Secretaria de Agricultura, João Paulo Rodrigues Alves Pereira, e os representantes da Fundação Carlos Alberto Vanzolini, Roseane Lopes de Souza e Rodolfo Maccagnan.

Queda de energia afeta temporariamente abastecimento de água em parte da cidade, nesta quarta-feira (30/11)

Um rompimento de cabos de energia de alta tensão da EDP, ocorrido na madrugada desta quarta-feira (30/11), na rede próxima à estação de captação de água do Semae, interrompeu o funcionamento da unidade de captação, o que compromete temporariamente o abastecimento de água em parte da cidade (relação de bairros abaixo), principalmente nos imóveis que não têm caixa d’água. A concessionária de energia concluiu a manutenção pela manhã, mas a distribuição de água só deve se normalizar no final da noite.

A normalização do abastecimento leva um pouco mais de tempo devido à necessidade de reiniciar a captação e o tratamento da água, estabilizar a pressão, encher os reservatórios e retomar a distribuição.

Por isso, o Semae recomenda que os moradores economizem água, evitando a lavagem de carros e quintais e o desperdício em tarefas domésticas essenciais como a lavagem de louças e de roupas, além de reduzir o tempo de banho.

Importância da caixa d’água
Mesmo nos pontos onde houve paralisação do abastecimento, quem tem caixa d’água não deverá ter a rotina afetada – o que reforça a importância de instalação de um reservatório no imóvel.

A recomendação é de uma reserva de 200 litros para cada morador. Assim, uma casa com cinco pessoas deve ter uma caixa d’água com capacidade para, pelo menos, mil litros. Isso garante o abastecimento da residência por até 24 horas, mesmo sem fornecimento de água pela rede.

Para mais informações sobre o abastecimento, o telefone do Semae é o 115.


Bairros afetados (a lista poderá ser atualizada ao longo do dia caso alguma outra região seja afetada devido ao tempo de paralisação)
Alto do Boa Vista
Alto do Ipiranga
Botujuru/ Vila São Paulo
Caixa d’Água Velha
Centro
Centro Cívico
Chácara das Flores
Conjunto Cocuera
Estância dos Reis
Jardim Aracy
Jardim Armênia
Jardim Avenida
Jardim Bela Vista
Jardim Itapeti
Jardim Maricá
Jardim Náutico
Jardim Paulista
Jardim Rodeio
Jardim Santa Carolina
Jardim Santista
Jardim Veneza
João Villanova
Loteamento Rio Acima
Mogilar
Mogi Moderno
Nova Mogilar
Nova Estância
Parque Monte Líbano
Ponte Grande
Real Park
Real Park Tiete
Residencial Nair
Socorro
Vila Áurea Maria
Vila Avignon
Vila Celeste
Vila Flávio
Vila Jafet
Vila Jundiapeba
Vila Nancy
Vila Natal
Vila Nova Aparecida
Vila Nova União
Vila Oliveira
Vila Panorama
Vila Partênio
Vila Ressaca
Vila Rubens
Vila Sarah Avignon
Vila Suíssa
Vila Victoria
Villa Di Cesar

Nesta segunda (28), repartições municipais atenderão até as 12h, devido ao jogo Brasil x Suíça

Nesta segunda-feira (28/11), as repartições públicas municipais funcionarão até as 12h, devido ao jogo Brasil x Suíça, com início às 13h. A alteração do horário de expediente, em caráter excepcional para os dias dos jogos do Brasil, foi estabelecida pelo decreto 21.340, de 9 de novembro de 2022.

Nesta primeira fase do torneio, o atendimento ao público será conforme abaixo, seguindo os dias e horários das partidas:

Brasil x Suíça
28 de novembro de 2022 (segunda-feira), jogo às 13h: expediente das 8h às 12h, sem intervalo para almoço/refeição

Brasil x Camarões
2 de dezembro de 2022 (sexta-feira), jogo às 16h: expediente das 8h às 15h

Para as demais fases da competição, os jogos e as respectivas suspensões do expediente dependerão da classificação da seleção brasileira na primeira fase.

Serviços essenciais
Os serviços essenciais (unidades de pronto atendimento na saúde, Cure 192/ Samu, Guarda Municipal, Defesa Civil e coleta de lixo, por exemplo) seguem normalmente nos dias de jogo do Brasil, mesmo quando não houver expediente administrativo.

Escolas
Quanto às escolas municipais e unidades subvencionadas, o atendimento nesta segunda (28) será feito normalmente pela manhã e à tarde não haverá expediente na modalidade presencial. A escola encaminhará atividades remotas para os estudantes. Para as creches, a saída será às 11h30.

No dia 2 de dezembro, data do jogo Brasil x Camarões, às 16h, as escolas funcionarão até as 15h. No período da manhã, o atendimento será normal e à tarde os estudantes entrarão no horário normal, com saída às 14h45.

Também no dia 2, nas creches municipais e subvencionadas as crianças farão a entrada normalmente e sairão às 14h30.

Parques
Os parques municipais (Centenário, Leon Feffer e da Cidade) também serão fechados mais cedo nos dias de jogo da seleção brasileira, sempre uma hora antes do início das partidas.

Semae orienta o que fazer em caso de furto de hidrômetro

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) faz um alerta aos consumidores que foram vítimas de furto de registros e hidrômetros. Além do prejuízo financeiro para a autarquia, devido à necessidade de reposição dos equipamentos, o crime também provoca transtornos aos moradores, como vazamentos de grande porte e falta d’água, sobretudo em imóveis sem reservatório. O Semae enumera algumas providências a serem adotadas.

Ao perceber que o hidrômetro foi furtado, a primeira ação a ser tomada é entrar em contato com a autarquia imediatamente, pelo telefone 115, e relatar o ocorrido ao(à) atendente. É necessário informar o número do cadastro, que fica na parte superior direita da conta de água, com destaque em amarelo.

A partir das informações passadas pelo morador, é aberta uma ordem de serviço para reposição do registro/hidrômetro furtado e também, se necessário, o reparo do cavalete.

No momento em que o consumidor faz o contato com o Semae, ele é orientado a registrar um boletim de ocorrência em uma delegacia e enviar cópia do documento para o e-mail atendimento@semae.sp.gov.br. Desta forma, não há custos para o morador pela reposição do hidrômetro. A caixa-padrão e o cavalete não são cobrados, independentemente da apresentação do boletim.

Se o cliente não tiver como enviar o boletim de ocorrência por e-mail, também pode apresentar o documento em uma das unidades do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC).

“Mas a medida imediata é comunicar o Semae, para que façamos a reposição do hidrômetro no menor tempo possível e assim conter eventuais vazamentos de grande volume e evitar que a residência fique sem água, principalmente se o morador não tem caixa d’água”, explica o diretor do Departamento Comercial da autarquia, Cesar Dulgher.

Mais informações pelos canais de atendimento: telefone 115 ou WhatsApp 99915-5145.

Semae amplia pontos de coleta de amostras da qualidade da água; autarquia faz quase 26 mil análises mensais

A água que é distribuída pelo Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) à população de Mogi das Cruzes passa diariamente por rigorosos testes e análise de qualidade. E para melhorar ainda mais o controle, em 2022 a autarquia ampliou o número de pontos de coleta de amostras, que passaram de cerca de 250 para 287 endereços cadastrados, o que resulta em aproximadamente 400 coletas mensais. Somadas as análises feitas em laboratórios, nas estações de tratamento e redes de distribuição, são quase 25,9 mil procedimentos, todos os meses.

O aumento dos pontos de coletas foi possível com a inserção de creches, escolas e inclusão de mais unidades básicas de saúde e hospitais na lista de endereços.

O Semae (assim como outras companhias de saneamento do País) segue os parâmetros da Portaria 888/2021, do Ministério da Saúde, que define os procedimentos de garantia da qualidade da água para o consumo humano. Publicada no ano passado, a norma regulamentadora tornou o processo de controle ainda mais rigoroso ao estabelecer mais parâmetros para análise, como os agrotóxicos, por exemplo.

As análises são feitas nas Estações de Tratamento do Centro (12,5 mil por mês), Leste (8,5 mil) e dos núcleos urbanos isolados (2 mil). As duas primeiras unidades são responsáveis pela maior parte da água consumida pela população da cidade.

Na rede de distribuição, os testes são realizados pela coleta de amostras nos imóveis das áreas abastecidas pela ETA Centro (1,6 mil análises mensais, incluindo a rede que distribui água por meio do reservatório da Sabesp, em Braz Cubas), ETA Leste (580) e núcleos isolados (720) – a estrutura dos sistemas isolados é composta por poços (captação), casas de química e filtros (tratamento da água), reservatórios e redes (distribuição).

As análises da água são realizadas de duas em duas horas e cada etapa do tratamento é monitorada. Os técnicos controlam os produtos químicos empregados e os efeitos que eles produzem na água.

Existem pontos de coleta nas etapas do tratamento. Assim, é possível verificar, a qualquer hora do dia, como está a água de cada fase do processo, como nos filtros e decantadores (tanques utilizados para remoção de partículas).


Número de análises mensais da qualidade da água:
ETA Centro: 12.500
ETA Leste: 8.500
ETAs Núcleos Isolados: 2.000
Total nas ETAs: 23.000

Rede Centro: 1.600
Rede Leste: 580
Rede dos núcleos isolados: 720
Total nas redes: 2.900

Total Geral: 25.900

Manutenção da Sabesp poderá afetar abastecimento na região do reservatório Santa Tereza

Na noite da próxima segunda-feira (17/10), a partir das 21h, a Sabesp paralisará o sistema de bombeamento do reservatório do Jardim Santa Tereza, em Braz Cubas, para uma manutenção na cabine de energia. A paralisação se estenderá até as 3h da madrugada de terça-feira (18/10) e poderá afetar o fornecimento de água. A normalização está prevista para ocorrer ao longo da terça-feira. O abastecimento na região é feito pelo Semae, por meio do reservatório da Sabesp.

Por se tratar de uma paralisação num período de menor consumo (noite/madrugada), quem tem caixa d’água não deverá ter a rotina afetada. Ter um reservatório em casa é fundamental para evitar transtornos durante os trabalhos de manutenção ou outras intervenções que exigem a interrupção da distribuição de água.

A reserva de 200 litros para cada morador é suficiente. Uma casa com cinco pessoas, por exemplo, deve ter uma caixa com capacidade para mil litros. Isso garante o abastecimento da residência por até 24 horas sem fornecimento de água da rua. Ainda assim, o Semae recomenda economia no consumo.

Mais informações pelo telefone 115.


Bairros atendidos pelo reservatório do Jardim Santa Tereza:
Alto do Ipiranga
Alto Guaianazes
Álvaro Bovolenta
Alvorada
Annete Bowen
Braz Cubas
Caminho do Mar
Chácara Jafet
Cidade Jardim
Conjunto do Bosque
Conjunto São Sebastião
Conjunto Santo Ângelo
Conjunto Thaysa
Jardim Aeroporto I, II e III
Jardim Cecília
Jardim das Acácias
Jardim dos Amarais
Jardim Dra. Liliana
Jardim Esperança
Jardim Ivete
Jardim Lair I e II
Jardim Modelo
Jardim Nathalie
Jardim Pavão
Jardim Planalto
Jardim Primavera
Jardim Rubi
Jardim Santa Tereza
Jardim Santos Dumont I, II e III
Jardim Universo
Loteamento João Torres de Camargo
Loteamento M Boigy
Parque Morumbi
Parque Olímpico
Parque Santana
Porteira Preta
Residencial Mirage
Residencial Novo Gama
Residencial Novo Horizonte
Residencial Santana
Vila Apolo
Vila Bela Flor
Vila Bernadotti
Vila Brasileira
Vila Cambuci
Vila Cardoso
Vila Cecília
Vila Cintra
Vila Cleo
Vila da Prata
Vila Estação
Vila Eugênia
Vila Flávio
Vila Ipiranga
Vila Jundiaí
Vila Lavínia
Vila Melchizedec
Vila Mogi Moderno
Vila Moraes
Vila Municipal
Vila Nova Cintra
Vila Paulista
Vila Paulista da Estação
Vila Pomar
Vila Progresso
Vila Rei
Vila Sagrado Coração de Maria
Vila São João
Vila São Sebastião
Vila Vitória

Serviço da EDP interromperá energia e poderá afetar abastecimento de água em Biritiba Ussu, nesta segunda-feira (17)

Na próxima segunda-feira (17/10), das 9h às 13h, a concessionária EDP realizará serviços de manutenção preventiva na rede elétrica onde está a Estação de Tratamento de Água (ETA) Biritiba Ussu. A energia será interrompida no local e, embora o sistema de abastecimento do distrito conte com reservatório, poderá faltar água à tarde, com normalização prevista para o período da noite. Serão afetados os bairros de Biritiba Ussu e, de forma parcial, também o Jardim Boa Vista.

Por ser uma paralisação de curto período, quem tem caixa d’água não terá a rotina afetada. Ainda assim, a autarquia recomenda economia no consumo.

Ter um reservatório em casa é fundamental para evitar transtornos durante os trabalhos de manutenção ou outras intervenções que exigem a interrupção do abastecimento.

A reserva de 200 litros para cada morador é suficiente. Assim, uma casa com cinco pessoas deve ter uma caixa d’água com capacidade para mil litros. Isso garante o abastecimento da residência por até 24 horas, mesmo sem fornecimento de água pela rede.

Mais informações pelo telefone 115.

Manutenção preventiva no poço do Parque São Martinho começará na terça-feira (4)

Para assegurar a qualidade da água captada e distribuída a população, o Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) fará a limpeza e manutenção preventiva do poço que abastece o Parque São Martinho. O serviço está previsto para começar às 8h da terça-feira (04/10) e terminar por volta das 16h da quinta-feira (06/10). Será necessário paralisar a operação e a autarquia recomenda aos moradores economia no consumo de água. A normalização do abastecimento está prevista para a noite de quinta feira. As interrupções não afetam, ou afetam em menor intensidade, os imóveis que têm caixa d’água instalada. Para mais informações, o telefone do Semae é o 115.

Abastecimento de água será suspenso na terça (13/09) para obras de modernização e manutenção preventiva

Na próxima terça-feira (13/09), o Semae interromperá a operação da Estação de Tratamento de Água (ETA) Centro para intervenções que integram as obras de reforma dos filtros e de modernização do processo de tratamento de água. Para isso, será necessário suspender a distribuição de água das 6h às 19h. A previsão é normalizar o abastecimento de forma gradativa no decorrer da noite ou da madrugada seguinte. Aproveitando a paralisação, a autarquia também fará uma manutenção preventiva na ETA e no reservatório da Vila Natal. 

O Semae está investindo R$ 3,9 milhões na reforma dos filtros e instalação de uma linha de ar para retrolavagem, com automação do processo da ETA Centro. O objetivo é modernizar os procedimentos e prolongar a vida útil dos filtros, que são estruturas importantes para garantia de ainda mais qualidade no tratamento.

A obra inclui a reforma da estrutura e impermeabilização de filtros, trocas de válvulas de descarga e instalação de equipamentos de automação, como transmissores de nível, painéis de comando, infraestrutura de cabeamento e comunicação de dados, entre outros.

Já a manutenção preventiva incluirá a troca de válvulas de filtros, limpeza e desinfecção de reservatório, intervenções no sistema de bombeamento e instalação de medidor de vazão.

Quem tem caixa d’água não deverá ter a rotina afetada. Ter um reservatório em casa é fundamental para evitar transtornos durante os trabalhos de manutenção ou outras intervenções que exijam a interrupção da distribuição de água.

A reserva de 200 litros para cada morador é suficiente. Uma casa com cinco pessoas, por exemplo, deve ter uma caixa com capacidade para mil litros. Isso garante o abastecimento da residência por até 24 horas sem fornecimento de água da rua. Ainda assim, o Semae recomenda que os moradores economizem água, evitando a lavagem de carros e quintais e o desperdício em tarefas domésticas essenciais como a lavagem de louças e de roupas, além de reduzir o tempo de banho.

Mais informações pelo telefone 115.


Bairros afetados:
Alto da Boa Vista
Alto da Glória
Alto do Ipiranga
Caixa d’Água Velha
Caminho do Mar
Centro
Chácara das Flores
Cidade Jardim
Conjunto Álvaro Bovolenta
Conjunto Cocuera
Conjunto Nova Bertioga
Conjunto São Sebastião
Conjunto Seki
Conjunto Thaysa
Estância dos Reis
Jardim Aracy
Jardim Armênia
Jardim Avenida
Jardim Camila
Jardim Jussara
Jardim Nair
Jardim Nathalie
Jardim Náutico
Jardim Paulista
Jardim Primavera
Jardim Rodeio
Jardim Rubi
Jardim Santa Carolina
Jardim Santista
Jardim São Francisco
Jardim Veneza
Jardins do Paraíso
Loteamento Alvorada
Loteamento João Villanova
Mogilar
Mogi Moderno
Nova Mogilar
Nova Estância
Parque Monte Líbano
Parque Morumbi
Parque Residencial Itapeti
Ponte Grande
Real Park
Residencial Algarve
Residencial Nair
Socorro
Vila Áurea Maria
Vila Avignon
Vila Brasileira
Vila Caputera
Vila Celeste
Vila Cidinha
Vila da Prata
Vila Flávio
Vila Jafet
Vila Melchizedec
Vila Nancy
Vila Natal
Vila Nova União
Vila Oliveira
Vila Partênio
Vila Pomar
Vila Ressaca
Vila Rubens
Vila São Francisco
Vila São João
Vila São Sebastião
Vila Sarah Avignon
Vila Socorro Velho
Vila Victória