Atualize seu cadastro!

Para ter acesso à todos os serviços online, precisamos que seu cadastro esteja atualizado. Clique aqui

Obra de esgoto interditará faixa da Mogi-Dutra no sábado (21) e no domingo (22)

Neste sábado (21/01) e domingo (22), o Semae fará uma obra de interligação de redes de esgoto na rodovia Mogi-Dutra, em frente ao posto de combustíveis Shell. No sábado, será necessário fechar uma faixa da pista sentido Arujá e, no domingo, uma faixa no sentido Mogi das Cruzes. Esta alternância foi definida de forma a não prejudicar o fluxo de motoristas na ida e retorno do litoral. Nos dois dias, o trabalho será realizado das 7h às 17h e os veículos poderão circular pela outra faixa da pista.

Obra de esgoto interditará trânsito na alameda Santo Ângelo e recuo de ônibus na Lourenço de Souza Franco

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) fará uma extensão de redes de esgoto num pequeno trecho da área central de Jundiapeba, e durante parte dos trabalhos, dos dias 23 a 25 de janeiro, será necessário interditar a alameda Santo Ângelo, entre a rua Dolores de Aquino e a avenida Lourenço de Souza Franco, que terá a faixa de recuo de ônibus fechada, no mesmo período. A autarquia explica que o objetivo da obra é melhorar o atendimento de coleta e tratamento de esgoto local.

Obra suspenderá temporariamente distribuição de água em Jundiapeba, na noite desta quinta (15)

Na noite desta quinta-feira (15/12), o Semae dará sequência aos serviços de interligação de redes em Jundiapeba, visando à futura operação do novo reservatório, o que proporcionará melhorias no abastecimento do distrito. O trabalho será realizado a partir das 21h e exigirá uma interrupção temporária no abastecimento em Jundiapeba e Real Park Tietê. A previsão é concluir o serviço à 1h da madrugada de sexta (16). A normalização da distribuição de água será gradativa e deve se estabilizar ao longo do dia.

A pausa no abastecimento não deve afetar os imóveis com caixa d’água. Ainda assim, a autarquia recomenda economia no consumo.

Mais informações pelo telefone 115.

Interligações e extensões de redes ampliam tratamento de esgoto

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) concluiu interligações de redes e pequenas extensões para envio de esgoto para tratamento. O trabalho foi feito em locais que já contavam com rede de coleta e afastamento. As obras atendem a 3.063 unidades familiares, nos bairros Vila Suíssa (1.470), Vila Jundiaí (1.225), Jundiapeba (194) e Rodeio (174). Os efluentes desses imóveis passaram a ser enviados para as estações de tratamento do próprio Semae (ETE Leste, em Cezar de Souza), e da Sabesp, em Suzano.

“Com isso, nós ampliamos em 2 pontos percentuais o índice de tratamento de esgoto na cidade, passando de 64% para 66%. Pode parecer pouco, mas isso representa mais de 900 mil litros de esgotos por dia que deixam de ser lançados em rios e córregos, ou 335 milhões de litros por ano”, explica o diretor do Departamento de Operações do Sistema de Esgoto da autarquia, Anderson Amorim.

As obras foram realizadas com materiais e mão de obra próprios do Semae.
 

Mais investimento
A autarquia segue com outras obras para melhorar os índices de coleta e tratamento de esgoto na cidade. Está em andamento a implantação do sistema de coleta e tratamento no Parque das Varinhas. O investimento será de R$ 11,8 milhões e beneficiará quase 3 mil moradores do bairro, que fica no distrito de Jundiapeba. Do total investido, R$ 10,5 milhões são recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), após aprovação de projeto elaborado pelo Semae, e mais R$ 1,3 milhão da própria autarquia, como contrapartida.

O projeto prevê a implantação de aproximadamente 11,4 quilômetros de redes coletoras; 164 poços de visita; 127 poços de inspeção e 4 estações elevatórias (bombeamento) de esgoto, beneficiando 2.800 pessoas – mas a estrutura terá capacidade para atender até 5 mil moradores.

O sistema também terá 2,8 quilômetros de rede de recalque (tubulação que conduz os efluentes da elevatória até um ponto a partir do qual possa seguir por gravidade até uma unidade de tratamento); 3,4 quilômetros de coletor-tronco; 502 ramais de ligação e 49 sistemas individuais de tratamento de esgotos.

O complexo será interligado à elevatória do Jardim Santos Dumont III, de onde o esgoto será encaminhado para tratamento na estação da Sabesp, em Suzano. O prazo previsto para as obras é dois anos.

Semae ampliará rede de esgoto na Vila Andrade, em Sabaúna

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) iniciou, nesta segunda-feira (28/03), uma extensão da rede de esgoto na Vila Andrade, em Sabaúna, para melhorias no sistema de coleta e tratamento do bairro. Serão 110 metros de rede, implantados na rua Capitão Francisco de Mello Souza. O trabalho exigirá a interdição da via, no período das 8h às 15h. A previsão é de que a obra seja concluída em duas semanas.

O sistema de esgotamento sanitário na Vila Andrade foi inaugurado em 2020, com a entrega da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). O Semae investiu R$ 3,2 milhões na construção da estação e na instalação de 900 metros de rede e três estações de bombeamento, na área central do distrito. A estrutura atende 4 mil pessoas.

A ETE trata 3,5 litros de esgoto por segundo, mas tem capacidade para até 9 litros por segundo.

O sistema de esgotamento integra um conjunto de ações de saneamento em Sabaúna. Em 2017, o Semae concluiu a implantação de uma adutora, o que melhorou as condições de abastecimento no distrito.

Obras do Semae chegam a 1,5 mil metros de novas redes nas Chácaras Guanabara

As obras do Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) para ampliar a distribuição de água no bairro Chácaras Guanabara já atingem 1.550 metros de novas tubulações. O projeto total prevê 2.000 metros de redes nas ruas Brasília, Goiás, Mato Grosso e Rio Grande do Sul. A previsão é finalizar a obra neste mês.

“Nossas equipes continuam na Chácara Guanabara trabalhando para levar água aos moradores. Este é um direito básico e uma questão de saúde pública que precisa de atenção. Após tantos anos de espera, finalmente esta obra está acontecendo”, afirma o prefeito Caio Cunha.

Nas ruas Goiás e Mato Grosso, as novas redes já foram interligadas. É necessário aguardar a finalização dos serviços para posterior ligação dos imóveis ao sistema de distribuição.

A ampliação do sistema de abastecimento nas Chácaras Guanabara é uma continuidade dos investimentos para melhorias na distribuição de água no bairro.

No ano passado, o Semae entregou a primeira etapa de implantação do sistema de abastecimento. O investimento foi de R$ 2,2 milhões na instalação de um reservatório de 400 mil litros e construção da casa de química para tratamento da água, ambos na rua Belo Horizonte.

A autarquia já havia investido cerca de R$ 200 mil na perfuração de um poço de 92 metros de profundidade, com capacidade de produzir até 40 mil litros de água por hora e instalação de um conjunto de bombeamento e painel elétrico.

Obras do Semae para ampliação de redes avançam nas Chácaras Guanabara

As obras do Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) para ampliação de redes de água no bairro Chácaras Guanabara avançam com o assentamento dos tubos na rua Goiás. Na semana passada, as equipes da autarquia já haviam finalizado os trabalhos na rua Rio Grande do Sul. No total, serão cerca de 2 quilômetros de rede, incluindo ainda as ruas Brasília e Mato Grosso, onde os serviços serão realizados nos próximos dias.

É necessário aguardar a finalização dos serviços para interligação ao sistema de distribuição e posterior ligação dos imóveis à nova rede.

A ampliação do sistema de abastecimento nas Chácaras Guanabara é uma continuidade dos investimentos para melhorias na distribuição de água no bairro.

No ano passado, o Semae entregou a primeira etapa de implantação do sistema de abastecimento. O investimento foi de R$ 2,2 milhões na instalação de um reservatório de 400 mil litros e construção da casa de química para tratamento da água, ambos na rua Belo Horizonte.

A autarquia já havia investido cerca de R$ 200 mil na perfuração de um poço de 92 metros de profundidade, com capacidade de produzir até 40 mil litros de água por hora e instalação de um conjunto de bombeamento e painel elétrico.

Semae inicia ampliação de redes de água nas Chácaras Guanabara e finaliza extensão na estrada dos Cogumelos

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) iniciou a ampliação de redes de água no bairro Chácaras Guanabara, onde serão implantados cerca de 2 quilômetros de tubulações. E na região da estrada dos Cogumelos, em Cezar de Souza, a autarquia finalizou a implantação de 1.200 metros de rede.

A ampliação de redes nas Chácaras Guanabara é uma continuidade dos investimentos para melhorias na distribuição de água no bairro.

No ano passado, o Semae entregou a primeira etapa de implantação do sistema de abastecimento. O investimento foi de R$ 2,2 milhões na instalação de um reservatório de 400 mil litros e construção da casa de química para tratamento da água, ambos na rua Belo Horizonte.

A autarquia já havia investido cerca de R$ 200 mil na perfuração de um poço de 92 metros de profundidade, com capacidade de produzir até 40 mil litros de água por hora e instalação de um conjunto de bombeamento e painel elétrico.

Já a extensão de redes na estrada dos Cogumelos beneficiará cerca de 70 famílias. O investimento é de R$ 27 mil em materiais e o serviço foi realizado com mão de obra da Divisão de Distribuição de Água do Semae.

Esta semana, o Departamento Comercial da autarquia, por meio do veículo da Agência Móvel, atendeu os moradores daquela região de Cezar de Souza e já forneceu as caixas-padrão de proteção para os hidrômetros.

As ligações começarão a ser feitas nos próximos dias e, com isso, a área não precisará mais de abastecimento por caminhão-pipa e os moradores serão atendidos diretamente pela rede de distribuição.

Vila Suíssa
Na Vila Suíssa, também no distrito de Cezar de Souza, foi concluído o reforço no sistema de distribuição de água com a extensão de redes a partir do reservatório do bairro. As novas tubulações foram implantadas nas ruas Euclides da Cunha, Maria do Nascimento Boz Vidal e João Ribeiro, totalizando 860 metros.

As obras foram executadas por meio de uma contrapartida da iniciativa privada para a implantação de novas unidades habitacionais na região. O assentamento de redes foi acompanhado e fiscalizado pelo Semae.

Semae instala redes de água na região da estrada dos Cogumelos; Vila Suíssa tem reforço no abastecimento

Os moradores da região da estrada dos Cogumelos, em Cezar de Souza, serão atendidos em breve por rede de distribuição de água. O Semae iniciou a implantação de 1.200 metros de tubulação, que beneficiarão cerca de 70 famílias – atualmente, a área é abastecida com caminhões-pipa. O investimento é de R$ 27 mil em materiais e o serviço é realizado com mão de obra da própria autarquia. A previsão é concluir os trabalhos em novembro.

Na Vila Suíssa, também no distrito de Cezar de Souza, está em fase final a instalação de um reforço no sistema de distribuição de água com a extensão de redes a partir do reservatório do bairro.

As novas tubulações foram implantadas nas ruas Euclides da Cunha, Maria do Nascimento Boz Vidal e João Ribeiro, totalizando 860 metros. As obras são executadas por meio de uma contrapartida da iniciativa privada para a implantação de novas unidades habitacionais na região. O assentamento de redes é acompanhado e fiscalizado pelo Semae.

A tecnologia empregada na implantação da nova tubulação da Vila Suíssa foi o método não-destrutivo, com escavações em pontos específicos da rua para evitar a abertura de valas em grandes extensões.

Vila Suíssa recebe obras de reforço na rede de distribuição de água

A Vila Suíssa, no distrito de Cezar de Souza, começou a receber um reforço no sistema de distribuição de água com a extensão de redes a partir do reservatório do bairro. As novas tubulações estão sendo implantadas nas ruas Euclides da Cunha, Maria do Nascimento Boz Vidal e João Ribeiro, totalizando 860 metros. As obras são executadas por meio de uma contrapartida da iniciativa privada para a implantação de novas unidades habitacionais na região. O assentamento de redes é acompanhado e fiscalizado pelo Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae).

A tecnologia empregada na implantação da nova tubulação é o método não-destrutivo, que faz escavações em pontos específicos da rua para evitar a abertura de valas em grandes extensões das vias. A previsão é de que os serviços sejam concluídos em setembro.